quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Djamal — Abram Espaço (1996)

Djamal — Abram Espaço — Download — Baixar
Boas pessoal, voltando ao Rap / Hip Hop Tuga, ano 1996...Em Portugal, o ano 1996, podemos dizer que foi um ano histórico para o "RAP tuga", depois do "General D" ter sido o primeiro MC a lançar um disco de RAP em Portugal, no ano 1994, as "Djamal", em 96', foram o primeiro grupo feminino a lançar um album de RAP em Portugal. Um grupo formado nos principios dos anos 90' por 4 MC's, a "Jeremy", a "Jumping", a "X-Sista", e a "Sweetalk". Relembro que foi eu a partilhar pela primeira vez este álbum na net, no meu antigo blog "As Nossas Raizes", nessa altura não tinha a foto, do CD (com a data 1996 marcada), e na maioria das infos que sencontravam naquela altura tudo dizia que este cd tinha saido em 1997, mas agora com as fotos dos CD's podemos ver, tanto na versão original do CD, como na versão "single", os dois têm a data de 1996. O single, sue é o CD (imagem) da direita, foi lançado ainda antes do álbum, comtém uma versão muito rara das Djamal, sue é a faixa "Pijama", nunca partilhada. Se alguém tiver este single "raro" e queira partilhar conosco, basta enviar o lint para a nossa página "Facebook", ou deixe o link asui nos comentários do post, depois atualizo no blog. O link que tinha partilhado no meu primeiro blog, tinha uma qualidade som um pouco fraca, faca agora qui novamente o CD com melhor qualidade de som, relembro que estou melhorando a qualidade som de todos os re-posts do primeiro blog, peace!
01. Intro
02. Abram Espaço
03. Droga de Vida
04. Fora de Jogo
05. Tu Fraquejas
06. Assim é o Amor
07. Revolução (Agora!)
08. Fake MC
09. A Vida é Puta
10. Djamal
Ficam aqui 2 faixas do álbum "Abram Espaço", lançado em 1996 

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Ministère A.M.E.R. — Traitres (1991)

Ministere Amer — Traitres — Download - Telecharger
Boas pessoal, voltanto ao Rap / Hip Hop francês, ano 91'... Em 1991, em França, dava-se luz a um novo grupo que ia marcar toda uma geração nos próximos anos 90', eram os "Ministère A.M.E.R.", grupo de "Garges - Sarcelles", dans le "Val-d'Oise" (95 dep.), o grupo se formou em 1988 com o nome "AMER" (Acção, Música E Rap), os principais fundadores foram, "Stomy Bugsy", "Passi", "Hamed Daye", "Kenzy", "Moda", "DJ Desh", mais tarde entrou o Dj Ghetch, também fez parte do grupo o rapper "Doc Gyneco", hoje o grupo é apenas formado pelos 3 principais membros, o Stomy Bugsy, o Passi e o Dj Ghetch.
01.Traitres
02.Au dessus des lois
03.Le droit chemin
04.Au dessus des lois (Instrumental)
05.Le droit chemin (Instrumental)
Video Clip dp Maxi "Traitres", lançado em 1991 

domingo, 27 de agosto de 2017

Dinastia Bantu — "Siavuma" (2005)

Dinastia Bantu — Siavuma — Download — Baixar
Boas pessoa, voltando ao Hip Hop / Rap moçambicano, ano 2005... Em 2005, o grupo "Dinastia Bantu" formado por "Azagaia" & "Escudo", lançavam o álbum "Siavuma", pela Cotonete Records, foi o primeiro trabalho lançado pela "Cotonete", sem dúvida a melhor editora de Rap em Moçambique, este álbum marcou uma nova página história do Hip Hop moçambicano. ATENÇÃO! isto não é o album original, eu tinha feito uma compil (de 10 faixas) no primeiro blog "As Nossas Raizes", entretanto me enviaram mais 3 faixas antigas do grupo, melhorei a qualidade de certas faixas, também me foi enviada uma melhor qualidade da faixa "Caricatura Hip Hop", adicionei as faixas todas e fiz uma nova compil de 13 faixas deste grupo pioneiro do Hip Hop Moz, apenas 6 faixas fazem parte do album Siavuma (o original contém 18 faixas), as outras faixas são gravações mais antigas e featurings em outros projectos como "Gpro Fam", "Micro 2", "Mixtape Cotonente" etc... BIOGRAFIA — Dinastia Bantu — "Azagaia" e "Escudo", eram os dois membros do grupo, formado em 1999, de 99 a 2005, D.B., foi um grupo muito ativo e participou em vários projetos (albuns, mixtapes, freestyles, etc...), se este disco saiu tão tarde, foi por causa de meios financeiros, e não por falta de rimas, sabendo que o grupo já rimava desde 99, quando ouvimos certos sons desta compil, ainda gravados com poucos meios nos principios dos anos 2000, nota-se um grande talento nestes 2 grandes MC's, letra e flow inovador no RAP moçambicano, um álbum, e um grupo, que revolucionou o Hip Hop Moçambicano. Era assim que o mano "Azagaia", começava a sua carreira discográfica, igualmente para o mano "Escudo", que infelizmente nunca mais se ouviu falar nele, é muita pena, porque ele tinha um flow mesmo enorme e inovador! não só no rap em Moçambique, mas no RAP lusófono! este grupo destacava-se muito no ano 2005, com o "Siavuma", infelizmente é muito dificil de arranjar o disco original com as 18 faixas, as cópias lançadas, devem ter sido poucas... Aproveito para fazer um novo pedido deste álbum, se alguém tiver esta obra de arte e queira partilhar conosco, basta nos enviar o link do álbum atravès da nossa página "Facebook", ou deixe o link aqui nos comentários deste post, obrigado desde já, e peace!
01 Nossa História
02 Onde é Que Estavas (Azagaia - Solo)
03 Viagem 100 Volta
04 Meu Mal, Meu Bem (Escudo - Solo)
05 Caricatura Hip Hop
06 Karinganas (feat. Ginna Pepa & Iveth)
07 Chave de Ouro
08  Interesseiras (feat. GproFam)
09 Mamamia
10 Microfone (feat. Micro 2)
11 Zé Faz Tudo
12 Feyonce (feat. N'Star)
13 Secretária
Ficam aqui 2 faixas para escuta, do grupo "Dinastia Bantu" 

sábado, 26 de agosto de 2017

The Sequence ‎— Funk You Up (1979)

Sequence ‎— Funk You Up ‎— Download ‎— Baixar
Boas pessoal, voltando ao RAP / Hip Hop americano, ano 79'...Em 1979, era lançado mais um lançamento histórico no Hip Hop / Rap, o lançamento do primeiro disco (single - vinil) de um grupo de RAP feminino, que eram as "Sequence", foi o segundo single gravado pela editora "Sugar Hill Records", depois do famoso "Rappers Delight". As "The Sequence" foi um grupo formado por 3 MC's / Cantoras, a "Cheryl Cook" (Cheryl The Pearl), "Gwendolyn Chisolm" (Blondie), e a "Angie Brown Stone" (Angie B.), um gupo de "Columbia, South Carolina", Estados Unidos. Alguns dos elementos da faixa "Funk You Up", foram utilizados mais tarde em 1995, pelo Dr. Dre no single "Keep Their Heads Ringin". BIOGRAFIA — “THE SEQUENCE”.
A1. Funk You Up (Long Version)
B1. Funk You Up (Short Version)
Faixa "Funk You Up" (Version Short) do disco das The Sequence 

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Sixckim — Luz e Som (2001)

Sixckim — Luz e Som — Download — Baixar
Boas pessoal, voltando ao Hip Hop / Rap angolano, ano 2001. Em 2001, em Angola, foi o ano (em termos discográficos) que as coisas sérias começaram, com os primeiros lançamentos daquele Rap mais "Underground", mais consciente, este talvez tenha sido o primeiro album de 2001. BIOGRAFIA — "Sixckim",  é um dos grandes pioneiros do RAP angolano, no Hip Hop desde os principios dos anos 90, em 1995, formou o grupo “Incessantes do Rap”, que contava com apenas dois elementos, cantava nas ruas de Luanda (Angola) e fazia “freestyles” no bairro da Maianga (Luanda). Depois da desistência do seu amigo, continuou cantando a solo. Atuou pela primeira vez em palco em 1996 numa atividade da Feira Popular no Bairro Popular em Angola, organizada pelo radialista Mateus Gonçalves, partilhando o mesmo palco que Africa Preta, Duplo V, Father Mack e Zulu in da House e os N’Sex Love. Em 1997 imigrou para a Africa do Sul para dar continuidade aos seus estudos de engenharia. Continuou a fazer musica e foi membro do grupo de Rap angolano KillaHill em 1999. Foi uma experiência curta e preferiu continuar a carreira a solo.Lançou o seu primeiro trabalho discográfico em 2001 intitulado “Luz E Som”, na África do Sul, com 12 faixas musicais, contando com a participação especial do rapper do Zimbabwe "Mizchief". (A faixa "Vida Urbana" é conhecida por alguns como a primeira obra musical em Angola que mudou o percursso da escrita e do flow no Hiphop angolano, a faixa tinha video clip gravado em 2001, infelizmente foi removido do youtube.)
Ficam aqui 3 faixas para escuta, do album "Luz e Som"

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Consciência Black — Vol.1 (1988)

Consciência Black — Vol. 1 — Download — Baixar
Boas pessoal, voltanto ao Rap / Hip Hop brasileiro, ano 1988... Como já tinha dito nos posts anteriores, o ano 88' foi muito importante no Rap feito no Brasil, pois logo após a saida da primeira colectênea brasileira "Hip Hop — Cultura de Rua", apenas alguns dias depois, saia a compilação "Consciência Black" pela "Zimbabwe Colors", esta primeira edição lançada em vinil, saiu em 1988, a edição CD (que é a mesma mas em compact disc), saiu em edição limitada em 1989. Há entrevistas e documentários, que dizem que algumas faixas desta compil foram gravadas antes da compil "Hip Hop — Cultura de Rua", como as faixas dos Racionais MC's e do Edy Rock com KLJay (Racionais), pois era aqui que os "Racionais Mc's" gravavam e lançavam as suas primeiras faixas em CD! Podem ouvir as primeira edições, das faixas "Pânico Na Zona Sul" e "Tempos Difíceis", diferentes das edições do album "Holocausto Urbano", lançado em 1990, pelos "Racionais MC's". Também podemos ouvir nesta colectânea, (talvez a primeira faixa "Rap sério brasileiro feminino"), da MC "Sharon Line", na faixa "Nossos Dias".
A1.Grand Master Rap Junior - Minha musa
A2.MC Gregory - Changeman neguinha
A3.Melô da massa (Intrumental)
A4.Edy Rock & KLJay - Tempos difíceis
B1.Street Dance - Absoluto
B2.Sharon Line - Nossos dias
B3.Criminal Master - Pobreza
B4.Frank Frank - Loucos e loucas
B5.Racionais Mc's - Pânico na zona sul
Ficam aqui 3 faixas para escuta, "Racionais Mc's" (1° versão), a MC "Sharon Line", e a crew "Street Dance"  1988 

Lady B — To The Beat Y'all (1979)

Lady B — To The Beat Y'all — Download — Baixar
Boas pessoal, voltando ao ano 79', Rap / Hip Hop americano...Como já tinha dito num dos posts "americano", em 1979, houve muitos singles lançados, muitos deles por artistas que apenas lançaram um single, como a "Lady B". BIOGRAFIA — "Lady B" (Wendy Clark), não foi um nome qualquer, pois ela foi a primeira MC feminina a lançar um disco (single) de Rap a solo já no ano 79'! Wendy Clark, nome de artista "Lady B", era uma MC de Philadelphia, Pennsylvania, ela começou a sua carreira na estação de rádio "WHAT radio station", e em 1979 lançou este primeiro e único single que ficou marcado na história (profunda ^^), o single foi dos raros que saiu com a mesma face dos dois lados, foi lançado pela "TEC Records" (a primeira versão). Ainda em 79, fez uma participação no single das "Direct Current" (grupo feminino de Soul R&B), na faixa " Everybody Here Must Party", como a face A e B, do seu single é a mesma, meti como Face B este single, que foram as suas únicas gravações lançadas "oficialmente". Mas logo de seguida a antiga MC, se lançou como "Dj" numa carreira de "rádio", onde continua sua carreira. Em 1984 mudou para a rádio "Power 99 FM", onde lançou o programa "The Street Beat", que animou até 89, foi quando o programa parou. Hoje continua a trabalhar para a rádio "Sirius Satellite Radio", em New York, e para a rádio "WRNB 100.3", em Philadelphia.
A1.To The Beat Y'all
B1.Everybody Here Must Party (Direct Current)
Faixa do single "To The Beat Y'all" da "Lady B" 1979 

domingo, 20 de agosto de 2017

Funky Four Plus One — Rappin And Rocking The House (1979)

Funky 4 + 1 — Rappin & Rocking The House — Download — Baixar
Continuando no ano 1979 do Hip Hop / Rap americano... Outro grupo dos anos 70' a ter marcado a história do RAP (nos Estados Unidos), foi o grupo "Funky Four Plus One More", pois este grupo foi o primeiro grupo de Rap a ter uma MC "feminina", que é a famosa "Sha Rock" (Sharon Green), mas também marcou a história, sendo o primeiro grupo de RAP em 1981, a passar numa emissão de TV nacional (Estados Unidos), a famosa emissão "Saturday Night Live",. BIOGRAFIA — "Funky Four Plus One", foi formado em 1976, no Bronx - New York, os primeiros membros eram: KK, aka "KK Rockwell" (Kevin Smith), "Keith Keith" (Keith César), "Sha Rock" (Sharon Green), e "Rahiem" (Guy Todd Williams), pouco tempo depois Sha Rock & Rahiem, saiam do grupo para ir pra um outro grupo que era o famoso "Grandmaster Flash & The Furious Five", entretanto os dois membros foram substituidos por 2 novos membros, o "Li'l Rodney C" (Rodney Stone) e "MC Jazzy Jeff" (Jeffrey Miree), e o grupo veio a se chamar "New Funky Four", mas pouco tempo depois, a MC feminina "Sha Rock", volta novamente ao grupo, e mudam o nome para "Funky Four Plus One More", só em 1980, depois deste single, quando assinaram pela "Sugar Hill Records", é que mudaram o "Four Plus One More",  para "4 + 1", e dai sempre foram conhecidos como os "The Funky 4 + 1". Também fizeram parte do grupo "Dj Breakout" & "Dj Baron"!!. Depois desta reviravolta toda, em 1979, (todos eles com mais ou menos 17 anos), assinavam pela label "Enjoy", e no mesmo ano lançavam este primeiro disco, o single "Rappin' And Rocking The House", uma batalha de rimas 100% old school de 16 minutos, onde já podiamos ouvir a famosa "Sha Rock" a mostrar a "Girl Power Atitude"!
A1.Rappin And Rocking The House (Versian A - 16min)
B1.Rappin And Rocking The House (Version B - 14min)
Video "Live" da faixa "Rappin And Rocking The House", gravado em 1980 
 Faixa completa e qualidade som "Rappin' And Rocking The House" 1979 

B-BOY — "CRAZY LEGS" — Rock Steady Crew

Crazy Leggs "The Legend of Hip Hop"
Boas pessoal, todos já devem ter ouvido falar no nome "Crazy Legs", ou "B-boy Crazy Legs", ou ainda "MC Crazy Legs", pois ele é um bboy / MC americano, pioneiro do "Hip Hop", Crazy Legs, estava la quando tudo começava no Bronx - New York City - USA. Em 1979 formava a "Rock Steady Crew", que iremos falar mais tarde aqui no blog, para quem quiser ver a sua "BIOGRAFIA COMPLETA", carregue no link azul. Crazy Legs é um nome muito importante na história do Hip Hop, foi um dos primeiros nomes a inovar a dança Hip Hop, e a levar a receita a paises como a Inglaterra (Londres), ou a França (Paris) em 1983. Crazy Legs, também participou nos filmes legendários "Wild Style" & "Stylle Wars", ficam aqui 2 videos "homenagem" dedicados ao bboy.
Video homenagem ao "BBoy Crazy Legs"

Craze Legs - Rock Steady Crew 

sábado, 19 de agosto de 2017

Tha Real Vibe — Unidade (1999)

Tha Real Vibe — Unidade — Download — Baixar
Voltando ao Hip Hop / Rap crioulo, anos 90'...Os pioneiros do RAP crioulo "Tha Real Vibe", depois de terem lançado o primeiro álbum "Mensagem", em 1995, em 99 lançavam este segundo álbum, "Unidade", nota-se uma evolução no Rap crioulo neste segundo disco do grupo  Tha Real Vibe, um rap mais sério, com letras já mais trabalhadas, naquela altura este disco já fazia mais parte daquele termo "Rap Underground", porque os discos anteriores eu acho que era mais aquela Rap de "festa" tipo
"Black Company", "SSP" etc... este álbum ainda tem algumas faixas assim, mas já tem também umas faixas mais interessantes, com mais mensagem e com uma letra mais afinada, tipo essas 3 faixas que eu meti mais abaixo para escuta.
01.Xploração
02.Sexta-feira
03.Tchabêta
04.Boa Viagem
05.Hollywood (feat. Blase)
06.Afrika
07.Interlude - Chillin' in the park
08.Musika
09.Prigoz
10.Parlez-vous !!
11.Interlude - Rusga na porta
12.Systema
13.Tchuva (feat. Nouba)
14.Rawking m.i.c (feat. Blase)
15.RRiola
16.Feedback (feat. Blase)
Ficam aqui 3 faixas do album para escuta, faixa 12, 5 & 8

Sugarhill Gang — Rapper's Delight (1979)

Sugarhill Gang — Rappers Delight — Download — Baixar
Boas pessoal, voltando ao Rap / Hip Hop americano, ano 1979...Em 1979, a história do RAP e do Hip Hop, mudava completamente, com o enorme sucesso do grupo "The Sugarhill Gang", que levou single "Rapper's Delight" aos quatro cantos do mundo, atenção! ao contrário do que muitas pessoas pensam, e dizem, Rapper's Delight, não foi o primeiro single de RAP lançado, mas sim o primeiro grande sucesso de uma faixa (single), de RAP, mas antes deles nesse mesmo ano de 1979, entre o primeiro single de Rap "King Tim III" (já partilhado no blog), e o lançamento deste single em Setembro de 1979, vários MC's, e grupos, já tinham lançado singles de RAP, eu tenho muitos deles que irei partilhar, vou começar pelos nomes mais importantes e mais conhecidos, mas claro foi o disco mais importante do ano 79', foram inspiração para muitos mc's que iriam aparecer nos anos seguintes. Talvez muitos ainda pensem que este foi o primeiro single, por ter sido o primeiro disco lançado pela enorme produtora "Sugar Hill Records", a maior produtora de RAP dos anos 80', que foi criada nesse mesmo ano pela "Sylvia Robinson". "Sugar Hill Gang" foi um grupo formado nos anos 70', por 3 membros, o Michael "Wonder Mike" Wright , o Henry "Big Bank Hank" Jackson, e o Guy "Master Gee" O'Brien, os 3 de Englewood , New Jersey. BIOGRAFIA — "Sugarhill Gang".
A1.Rapper's Delight (Long Version - 15min)
B1.Rapper's Delight (Short Version - 6min30)
Video de versão longa, do single "Rapper's Delight" 1979 (HD) 

TAKI 183 — THE LEGENDARY FATHER OF GRAFFITI

"Taki 183" — Legend of Graffiti
Boas pessoal, também já devem ter ouvido falar no nome "Taki 183", caso não, Taki183, é o nome de artista do americano, nascido na Grécia, "Demetrios", um dos pioneiros do Hip Hop (Graffiti), conhecido no meio do Hip Hop como o "pai do graffiti" (por ter sido um dos primeiros), Demetrios, escolheu o nome de "Taki 183", devido à sua morada "183rd Street", em Washington Heights. A legenda diz que era um jovem carteiro em Nova Iorque, nos principios do Hip Hop, ele escrevia o seu nome em todas as ruas de Nova Iorque em que passava, no fim dos anos 60 e principios dos anos 70. Em 1971 "Taki 183" teve direito a um artigo no jornal "New York Times" (edição do 21 de Julho 971), um artigo, que levou Taki 183 a marcar o graffiti na história já nesse ano de 1971.
(carrega na segunda imagem, para ver o artigo do "New York Times" em grande).
Taki 183 - The Legendary Father Of Graffity 
Taki 183 - Old School Videos - Graffiti (back in the day!) 

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Ithaka ‎— Flowers And The Color Of Paint (1995)

Ithaka ‎— Flowers And The Color Of Paint — Download — Baixar
Boas pessoal, voltando ao Hip Hop / Rap tuga, ano 1995... Mais um álbum "tuga", que não tinha partilhado no primeiro blog "As Nossas Raizes", mas que também faz parte da discografia "Hip Hop Tuga", mesmo se o cantor é americano, e rima sempre em inglês, esta álbum foi o primeiro do rapper "Ithaka", lançado em Portual, conta com as participações dos pioneiros porutgueses "Lince" & "General D", são as duas faixas em que se pode ouvir rimas em português, uma bonita mistura da lingua portuguesa com a lingua inglesa, também conta com a participação da cantora portuguesa "Marta". BIOGRAFIA — Ithaka Darin Pappas, mais conhecido simplesmente como, Ithaka (leia-se Ítaca), viveu e gravou em Lisboa, de 1992 a 1998, "Darin Pappas", é um americano artista plástico, (escultor, pintor), fotógrafo, compositor, vocalista, artista de hip hop, escritor, poeta, produtor musical e surfista de ascendência grega parcial. Ithaka nasceu e foi criado no Sul da Califórnia, mas mais tarde estabeleceu-se em Japão, Grécia, Portugal, Brasil e México. O artista reside atualmente em Califórnia. Em Lisboa gravou seus dois primeiros álbuns de hip hop, "Flowers And The Color Of Paint" e "Stellafly". Sua canção, "Escape From The City Of Angels" apareceu na trilha sonora para a Columbia Pictures The Replacement Killers (Assassinos Substitutos). Ele também foi o compositor / vocalista do o a cappella poema "So Get Up" que a pista de dança So Get Up por Underground Sound of Lisbon foi baseado e além disso por o duo alemão de Trance, Cosmic Gate. Em 2004, no Brasil, gravou a faixa "Who's The Enemy" (com Gabriel o Pensador), em 1993 em Portugal, também lançou o single "So Get Up".
01 Street Loyalty
02 The Umbilibus (feat. Lince)
03 Fishdaddy
04 Escape From the City of Angels (feat. Marta)
05 Erase the Slate of Hate (feat. General D)
06 Been Four Years
07 Somewhere South of Gibraltar
08 The Pigeon Lady
09 Stonemobile
10 Rich Girl (Ketchup Love)
11 Sleepdriver
12 Goodcookies (feat. Marta)
13 Flowers and the Color of Paint
Ficam aqui 3 faixas do álbum para escuta, faixa 2 (com Lince), 5 (com General D) & 4 (com Marta) 

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

EJM — Je Veux du Cash (1990)

EJM — Je Veux du Cash — Download — Baixar
Boas pessoal, voltando ao RAP / Hip Hop francês, ano 1990...Em 1990, também depois de ter sido lançado na famosa compilação (colectanêa), "Rapattitude", lançada uns meses antes, o MC "EJM", lançava o seu primeiro Single (Maxi 45T), "Je veux du cash", que em portugês quer dizer "Quero dinheiro". BIOGRAFIA — EJM, entrou no Hip Hop como Bboy e Writer (grafiteiro), nos meados dos anos 80', habituado as sessões de freestyle na emissão de rádio do "Dee Nasty" na Radio Nova, EJM começou a sua carreira musical em 1989 com o lançamento da faixa "Nous vivons tous" (Nós vivemos todos), em 1990 lança a faixa +video clip "élément dangereux", no mesmo ano assina pela "BMG" e lança este primeiro single, o resto da história irão conhecer nos seus próximos lançamentos que irei partilhando por datas.
A1 Je Veux Du Cash — Long Cash Mix
A2 Je Veux Du Cash — Hard Cash Mix
B1 Je Veux Du Cash — Radio Cash Edit
B2 Je Veux Du Cash — No Cash
Audio: Também podem ouvir o Maxi completo atravès do youtube 

 Video Clip: EJM - élément dangereux 1990 (Compilação Rapattitude) 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...